Ilha do Rodeadouro

A Ilha do Rodeadouro, situada a poucos minutos de carro do centro de Petrolina (PE), é o principal balneário da região.

Uma verdadeira praia de água doce, frequentada por moradores e turistas de Petrolina (PE) e Juazeiro (BA), em função da facilidade de acesso, das águas rasas, tranquilas e propícias ao banho, além da grande quantidade de bares e restaurantes instalados no local.

Saindo de Petrolina (PE), deve-se seguir pela Estrada da Tapera até uma das duas travessias existentes – Almizão e do Juarez. Também é possível fazer a travessia a partir da margem baiana, em Juazeiro (BA) – o acesso é através da BA 210. Nesses locais existem estacionamentos onde o carro pode ser deixado, restaurantes que servem como apoio e, principalmente, barquinhas que fazem a travessia regular para a ilha. Uma boa pedida costuma ser ir até a ilha, passar algumas horas por lá, e na volta almoçar em um destes restaurantes.

A ilha é muito frequentada nos finais de semana e feriados. Pessoas de todas as idades chegam em grande quantidade (calcula-se entre 3 e 4 mil por dia nos finais de semana) e se espalham pela areia, em cadeiras e mesas oferecidas pelos bares locais, na água, ou então na sombra das grandes palhoças que abrigam os restaurantes.

A dica gastronômica é o peixe grelhado que, acompanhado por deliciosas bebidas e a boa companhia da família ou dos amigos, garante a diversão do dia.

Fora dos horários de pico (durante a semana ou bem cedo nos finais de semana) a ilha exibe um lado igualmente interessante, mais rústico e que propicia um contato maior com a natureza. É possível, por exemplo, apreciar com mais atenção a flora e a fauna, e fazer caminhadas por trilhas que levam até as extremidades da ilha. Pássaros diversos, calangos, iguanas e outras espécies podem ser avistadas com facilidade quando o fluxo de pessoas é menor. A ilha se torna ainda mais charmosa quando atracam os singelos e coloridos barquinhos em suas margens.

Não existem  opções de hospedagem na ilha. Quem quiser passar a noite por lá pode levar a sua própria barraca para acampar, sem esquecer de juntar os mantimentos necessários para passar a noite, uma vez que bares e restaurantes abrem apenas durante o dia.

Escrito por  Viva o Sertão

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Veja Também

Fechar
Fechar