Setembro Amarelo: Rede de Atenção Psicossocial de Petrolina promove ações de prevenção ao suicídio

Em alusão a campanha do Setembro Amarelo, a Prefeitura de Petrolina, através da Rede de Atenção Psicossocial (RAPS), promove neste mês uma série de atividades de prevenção e promoção da saúde mental. A RAPS é formada pelos CAPS Infantojuvenil, CAPS II, CAPS AD III e Unidades de Acolhimento Infantil e Adulto.

As equipes dos CAPS estão desenvolvendo palestras, rodas de conversas, oficinas e entrega de panfletos para a população, o objetivo é reforçar a importância do cuidado com a saúde mental.

“O suicídio é um problema de saúde pública. São registrados mais de 13 mil mortes desse tipo todos os anos no Brasil e mais de 1 milhão no mundo. Trata-se de uma triste realidade que registra cada vez mais casos, principalmente entre os jovens. Cerca de 96,8% dos casos de suicídio estavam relacionados a transtornos mentais. Em primeiro lugar está a depressão, seguida do transtorno bipolar e depois abuso de substâncias. As mortes por suicídio podem ser evitadas, por isso é importante a difusão de informações claras e seguras sobre a temática, o acesso ao tratamento adequado e apoio familiar e comunitário”, destaca o gerente de Saúde Mental, Waldemberg Miguel.

A realização de atividades físicas, cuidados com alimentação, fortalecimento de vínculos sociais e ter um espaço para falar sobre pensamentos e emoções são importantes fatores de prevenção. O comportamento autolesivo e suicida, bem como a importância dos cuidados com a saúde mental, devem ser abordados durante todo o ano, isso é fundamental para garantir o acesso à informação e cuidado ampliado.

Serviços de Saúde Mental de Petrolina

Os serviços de Saúde Mental de Petrolina funcionam em horário integral, de segunda a sexta-feira. Não é necessário realizar agendamento prévio, pois todos os serviços da RAPS funcionam na lógica do acolhimento, de portas abertas à comunidade.

Expediente:

– CAPS AD III (Especializado no cuidado a transtornos relacionados ao uso de substâncias psicoativas em adultos): 87 – 3862 3677

– CAPS II (Especializado no cuidado a transtornos mentais em adultos): 87 – 3863 3155

– CAPS iJ (Especializado no cuidado a transtornos mentais em crianças e adolescentes): 87 – 3866 1641

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Fechar