APA firma parceria com o IFSertão pernambucano para futuraimplementação de um núcleo do projeto Escolinhas Esportivas

A Associação Petrolinense de Atletismo (APA) e o Instituto Federal do Sertão Pernambucano (CAMPUS-PETROLINA) firmaram mais uma parceria que visa fortalecer o desenvolvimento do esporte na região. A ideia é que um dos futuros núcleos do projeto Escolinhas Esportivas de Atletismo Inclusivo seja implementado no Campus Petrolina, onde a APA poderá executar as atividades do programa que pretende trabalhar a formação social de crianças e adolescentes por meio da prática esportiva.

De acordo com o diretor executivo da APA, Natanael Barros, a parceria consiste na utilização da estrutura física da instituição como pista, quadra e outros equipamentos. O dirigente também ressalta que a realização do projeto ainda depende da captação de recursos via Lei de Incentivo ao Esporte.

“Em 2017, a gente firmou um convênio de cooperação técnica com o IFSertãoPE que contempla um apoio mútuo entre as instituições. A gente tem utilizado os ônibus do IFSertãoPE para transporte dos atletas, alguns alunos da instituição são atendidos pela gente, também já demos suporte em competições. Agora, em conversa com a reitoria, sugerimos que, caso a gente consiga captar recursos via Lei de Incentivo ao Esporte, o núcleo do projeto de escolinhas esportivas em Petrolina seja executado no IFSertãoPE. Sendo assim, a instituição aprovou a proposta, já firmou com a gente essa parceria, e definiu o Campus Petrolina como o espaço a ser utilizado. Vamos agora tentar captar os recursos necessários”, explica Natanael.

O diretor do Campus Petrolina do IFSertãoPE, Fabiano Marinho, exaltou a importância da parceria.“É um projeto importante que vai incentivar a nossa comunidade interna e externa para a prática do atletismo, pois o esporte é saúde e educação”, destacou.

O projeto Escolinhas Esportivas de Atletismo Inclusivo foi aprovado para poder captar recursos por meio da Lei de Incentivo ao Esporte (LIE), na qual empresas com base em lucro real poderão investir 1 % do que pagariam de Imposto de Renda (IR) no projeto. As empresas interessadas já podem entrar em contato com a APA para tratar da viabilização do apoio.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Fechar